Policiais Militares de Tomazina realizaram a prisão de um rapaz, 30 anos, suspeito de ter assaltado posto de combustível, nesta manhã de terça-feira, 05/04/2016.

Após denuncias acerca de roubo em posto de combustível, os policiais deslocaram até o local onde a vítima relatou que um rapaz entrou no posto e pediu a ela que trocasse uma nota de cem reais. Ato contínuo, a gerente foi até o caixa e pegou duas notas de R$ 50,00, momento em que o indivíduo deu voz de assalto, utilizando-se de uma faca. Assustada, a gerente empurrou a faca, o que lhe ocasionou um corte na mão. O autor então saiu correndo do local em uma bicicleta amarela, deixando para trás a arma e o dinheiro, após avistar um caminhoneiro que ali se encontrava.

Em diligências, os PMs avistaram a bicicleta utilizada pelo autor em um mercado, onde em contato com o proprietário do estabelecimento informou que um rapaz, com as mesmas características do autor, esteve em seu estabelecimento, porém havia saído com um outro indivíduo em um corsa de cor branca. Os policiais realizaram buscas, logrando êxito em localizar o veículo, entretanto o suspeito não se encontrava no automóvel. O condutor então informou que o suspeito estava na casa de seu pai, onde a equipe logrou em êxito em localizá-lo.

O suspeito foi encaminha à delegacia de polícia civil, onde durante a lavratura do Boletim de Ocorrência, a equipe policial notou que a faca utilizada no crime estava com uma etiqueta de preço, onde o suspeito informou que havia furtado o objeto no mercado anteriormente citado. O proprietário do comercio compareceu à delegacia e confirmou que a faca havia sido subtraída de seu estabelecimento, ratificando as informações. O rapaz foi preso pelo crime de furto e também pelo crime de roubo, vindo à permanecer na delegacia à disposição da autoridade competente.
Reações:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

 
Top