FOTOS: ARQUIVO PESSOAL - FACEBOOK
As eleições deste ano sem dúvidas serão acirradas para o comando do executivo municipal, já noticiamos aqui, a provável candidatura de Marco Antônio Dorigon e a provável reeleição do Braz para comandar da prefeitura de 2017 a 2020.

Agora IRANI BARROS, também desponta como postulante a uma cadeira para comandar a prefeitura na próxima gestão.


Barros, filho de família tradicional em nossa cidade, nasceu no distrito do Cerrado das Cinzas; sempre com a calma e mansidão que lhe é peculiar, o que é facilmente percebido conversando como Irani, nos “bate papo” que tivemos na época em que a Radio Globo Arapoti ficou sob seu comando, por varias vezes falamos sobre política e o futuro do nosso município. 


Planejamento, isso é destaque para o provável candidato a prefeito de Arapoti, que já esteve no comando da Secretaria de Planejamento e como chefe de governo da Prefeitura no mandato do prefeito Luiz Fernando de Masi. Na época Irani já percebia que sem planejamento não a condições de se ter uma boa administração; seja na Saúde, Educação, Segurança, Assistência Social, em fim sem “pensar” na cidade não tem como ter uma boa gestão. já comentou o postulante ao cargo do executivo em Arapoti.

Um empresário de sucesso que tem sociedade nas faculdades, ULT FATI, e participação na Rádio Cidade FM. 

Diante da experiência na gestão dessas empresas de sucesso em Arapoti, e dos vários anos em que assessorou o prefeito Fernando; ele sempre disse: “o sonho é o principal “combustível” para se avançar”, mas é necessário ter um objetivo concreto, metas a cumprir e dar o passo de acordo com que se tem nas mãos; palavras do empresário Irani, que não gosta muito de ser chamado de empresário e sim apenas de Irani.

Outro fator primordial para Irani é a gestão compartilhada, que na prefeitura, não é nada menos que fazer uma administração junto com o povo, empresários, agricultores, comercio, indústrias; em fim o que ele quer mesmo é fazer uma administração onde todos tenham o mesmo direito de estar recebendo da prefeitura tudo o que ela pode oferecer. E principalmente saber “ouvir” cada um, pois o pequeno problema pra mim pode ser um grande problema para o outro”. 

Só temos que prestar muita atenção, e ver se ele já não vem com os velhos vícios que aprendeu quando trabalhou na prefeitura; esperamos que use tudo o que aprendeu de bom nesse tempo e que deixe o errado lá no passado. Capacidade com certeza tem, basta que administre para o bem comum de todos.
Reações:

Postar um comentário

 
Top