O governador Beto Richa afirmou nesta quainta-feira (10), durante encontro com um grupo de 80 presidentes de Câmaras de Vereadores, que sua determinação é investir nos municípios e aproximar ainda mais a gestão estadual das prefeituras. “É nas cidades que as pessoas vivem e é onde o poder público tem de concentrar sua atenção”, afirmou.

No encontro, realizado no Palácio Iguaçu, em Curitiba, o governador falou sobre a recuperação das finanças estaduais e disse que, neste ano, o Estado prevê investir um volume recorde de cerca de R$ 8 bilhões. “Minha determinação é investir nos municípios”, afirmou. Ele mencionou a crise econômica nacional, que reduz a arrecadação e os repasses federais aos municípios.

“Ao contrário da União, o Paraná tomou medidas importantes para ajustar as finanças. Com isso, temos ampliado os investimentos nos municípios garantindo condições às prefeituras para honrarem seus compromissos”, afirmou.
Em 2015, o Governo do Paraná repassou aos municípios R$ 7,779 bilhões a título de transferências de ICMS e de IPVA. O valor foi 13,4% que em 2014. O incremento de receitas para os municípios paranaenses foi de R$ 919 milhões de um ano para o outro. Neste ano, nos dois primeiros meses, os repasses aumentaram 109,8% em relação a igual período do ano passado. 

MUNICIPALISMO - Richa reafirmou a posição municipalista da sua gestão e garantiu que trabalhará para aproximar ainda mais a gestão estadual das prefeituras. “Queremos cada vez mais conhecer a realidade dos municípios”, disse. 

Julio Cesar Makuck, presidente Associação de Câmaras e Vereadores do Paraná (Acampar) e presidente da Câmara de Vereadores de Prudentópolis, ressaltou a decisão de ajustar as finanças do Estado. “É um grande exemplo para implantarmos nos municípios paranaenses. Vamos levar a proposta numa parceria do Legislativo e Executivo municipal”, afirmou. 

Makuk destacou a boa relação com o governo estadual e disse estar otimista com a previsão recorde de investimento do Estado. “O Brasil passa por uma séria crise econômica, que reduz a capacidade de investimento dos municípios. Muito bom saber que podemos contar com a mão amiga do Estado”, afirmou. 
O presidente da Câmara de Vereadores de Curitiba, vereador Ailton Araújo, disse que o encontro com o governador foi muito importante para aproximar o governo estadual dos municípios. “O vereador tem um papel fundamental diretamente ligado ao cidadão. É muito importante sabermos da situação do Estado para repassar à população”, afirmou. 

O vereador Julielton dos Poços Rodrigues, presidente da Câmara de Barbosa Ferraz, enalteceu o estilo municipalista do Governo do Estado e disse que ficou confiante com a situação financeira estadual. “É bom saber que o Estado terá recursos para investir nas cidades. As medidas foram tomadas e hoje o Paraná está dando exemplo ao País”, afirmou. 

ANTECIPADAS – Richa afirmou que o investimento programado para 2016 só foi possível graças ao ajuste fiscal implantado no Estado. “O Paraná foi o primeiro a tomar as medidas de contenção de despesas e aumento de receitas, se preparando contra os efeitos da crise que hoje atinge o Brasil”, afirmou.

Além de investimento recorde, a recuperação das finanças permitiu pagar reajuste aos servidores, situação diferente de grande parte dos estados. “Hoje, o Paraná é exemplo. Temos a melhor situação fiscal e financeira do Brasil”, afirmou Richa. 

Ele lembrou que o Paraná assumiu a inédita posição de quarta economia do Brasil, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e que o levantamento do grupo inglês The Economist reconheceu o Estado como o segundo mais competitivo do Paísl. “São levantamentos que nos orgulham e mostram que estamos no caminho certo”, disse.
Reações:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

 
Top