Durante a confecção do Boletim de Ocorrência, no qual um senhor, 45 anos, relatava aos policiais que haviam furtado sua motocicleta, Honda/CG 150 Fan de cor cinza, próximo ao bairro Grotão, em Tomazina, os policiais militares da RPA receberam a informação de que alguns rapazes, que estavam com duas motocicletas Honda/CG, uma na cor vermelha e outra na cor preto fosco, tentaram furtar um veículo que se encontrava em uma propriedade rural. O informante relatou ainda que a motocicleta, de cor preto fosco, é de sua propriedade, a qual foi furtada na data de 06/03/2016, sendo o autor reconhecido pelo capacete, que em ambos os casos utilizou um capacete de cor rosa.

As equipes da Policia Militar da 3ªCIA/PM, foram acionadas e alertadas quanto ao fato, momento em que os policiais militares de Ibaiti abordaram duas motocicletas com as características informadas, sendo que o condutor da motocicleta, de cor perto fosco, 23 anos, estava com um capacete rosa, e na garupa estava um jovem, 25 anos. Em consulta ao Sistema do Detran, foi constatado que a referida motocicleta se tratava de produto de furto; Já a outra motocicleta, além de pendências administrativas, possuía uma sacola plástica de cor escura, que estava sendo utilizada para dificultar a visualização dos caracteres da placa.

Ato contínuo, policiais militares de Pinhalão foram até a casa de um rapaz, suspeito de estar com a motocicleta furtada, localizada no patrimônio da Amorinha, logrando êxito na abordagem e localizando a motocicleta. Na verificação, constatou-se que a moto era a mesma furtada há horas antes, na cidade de Tomazina. Em contato com o morador da residência, o mesmo veio a relatar que o jovem, o mesmo que estava na garupa do condutor de capacete rosa, havia realizado o furto da motocicleta e a entregou ao seu irmão, que não se encontrava no local.

Diante do acontecimento, os suspeitos foram presos e encaminhados à delegacia de policia local, juntamente com os objetos furtados, para as medidas pertinentes ao caso.
Reações:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

 
Top