Nesta terça-feira (22) é comemorado o Dia Mundial da Água. O Brasil é o país que possui a maior reserva de água doce no mundo (12%), Então preparamos uma lista com cinco importantes rios que fazem a diferença na vida das pessoas. Confira!


Rio Amazonas
A Amazônia é conhecida mundialmente pela quantidade de água doce que ela oferece aos brasileiros, sendo que o Rio Amazonas é o principal da região. Para se ter ideia do volume da bacia hidrográfica desse rio, a sua produção de água teria capacidade para abastecer 74% de toda a demanda do país, de acordo com a Agência Nacional de Água (ANA). Quem se beneficia diretamente com essa grande quantidade de água são as pessoas que vivem no Acre, Amazonas, Roraima, Rondônia, Mato Grosso, Pará e Amapá.

Rio Amazonas – crédito Divulgação


Rio São Francisco
Conhecido como Velho Chico, ele nasce na Serra da Canastra, em Minas Gerais, e corta todo o Nordeste com seus quase três mil km de extensão. Apesar de sua vital importância para os mais de 16 milhões de pessoas que habitam sua bacia hidrográfica, infelizmente, hoje o São Francisco carece de cuidados. O assoreamento em alguns trechos, a poluição e o desmatamento de matas ciliares, que são aquelas que protegem as nascentes, rios e lagos, colocam em risco esse provedor tão importante.

Rio São Francisco – crédito Marcelo Gomes


Rio Tocantins
Nasce no planalto de Goiás e tem impressionantes 2.699 km de extensão, sendo um dos maiores rios brasileiros que nasce dentro do território nacional. Ele corta quatro estados – Goiás, Tocantins, Maranhão e Pará, antes de desaguar no mar, na Ilha de Marajó (PA), a maior ilha do país. O rio Tocantins abriga importantes usinas hidrelétricas, sendo a principal a de Tucuruí, que abastece grande parte do consumo de energia nos estados do Pará, Maranhão e Tocantins, que juntos somam quase 16,6 milhões de pessoas.

Rio Tocantins – crédito divulgação

Rio Paraná
Ele compõe a bacia do Paraná, que é uma das mais importantes do país. Para se ter uma ideia, a usina de Itaipu, que está localizada no Rio Paraná, gera cerca de 15% de toda a energia consumida no Brasil. Isso significa aproximadamente 30 milhões de pessoas. Além disso, o Rio Paraná é considerado o segundo maior em extensão da América do Sul com quase quatro mil km de extensão, distância aproximada de Porto Alegre (RS) a Belém (PA).

Rio Paraná – crédito Érico Christmann

Rio Tietê
Paulista de nascimento, o Tietê, com seus mais de mil quilômetros, atravessa todo o estado de São Paulo e vai desaguar no rio Paraná. Esse rio tem grande importância desde a época da colonização do Brasil tanto pela produção de água, quanto pela geração de energia. Hoje, a chamada hidrovia Tietê-Paraná – que foi reaberta nesse ano – é muito importante para o escoamento de grãos e outros produtos pelo porto de Santos. A estimativa da Secretaria de Logística e Transporte de São Paulo é que um comboio no rio consegue transportar a mesma quantidade de carga do que 200 caminhões! Infelizmente, o Tietê é um dos rios mais poluídos do Brasil, logo depois da nascente, ao passar pela Região Metropolitana de São Paulo.

Rio Tietê – crédito Divulgação
Reações:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

 
Top