O caminhoneiro Elenilson José Lopes, de Telêmaco Borba, foi o primeiro paranaense a renovar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) com o exame toxicológico obrigatório. Desde que a Lei Federal 13.103/2015 entrou em vigor, em 2 de março, o exame para detecção de consumo de substâncias psicoativas é exigido para quem vai tirar ou renovar carteira nas categorias C, D e E. Desde então, cerca de 7,5 mil paranaenses entraram com processos para conseguir o documento. 

Lopes demorou 15 dias para concluir o processo e já recebeu a nova CNH. Ele conta que não enfrentou problemas para agendar a coleta, que é rápida e indolor. O exame toxicológico é feito com a coleta de fios de cabelo, pelos ou unha. “No Detran, eles me orientaram que eu deveria fazer o exame. Procurei um laboratório e, como na minha cidade ainda não tinha, fui até Ponta Grossa, que fica a uma hora e meia de viagem. Foi rápido, agendei pelo site”, disse.


Telêmaco Borba agora tem um ponto de coleta e os moradores não precisam mais se deslocar para fazer o exame. No caso de Lopes o resultado chegou em dez dias. “Levei a cópia para o médico credenciado ao Detran no exame de saúde física e mental e fiz o restante do processo normalmente. Agora é só esperar a CNH chegar em casa”, disse ele. 

LABORATÓRIOS - O Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) credenciou seis laboratórios em todo País para serem responsáveis pela rede de coleta. O Detran estima que pelo menos 130 cidades do Estado contam com postos capacitados para fazer o exame.


“Queremos que as questões técnicas sejam solucionadas entre os laboratórios e o Denatran, sem que o usuário seja prejudicado”, destacou o diretor-geral do Detran, Marcos Traad. “Acredito que os valores serão estabilizados, os prazos ficarão menores e teremos mais unidades de coleta disponíveis com o tempo. Enquanto isso, estamos em diálogo com o Denatran e os legisladores para sugerir melhorias.” 

O Detran entrou em contato com algumas unidades coletoras para traçar um cenário de como está a procura pelo exame. Muitas estão recebendo mais pedidos que o esperado e tiveram que solicitar mais kits de coleta, que vêm dos Estados Unidos. 

Os laboratórios também disponibilizaram telefones com ligações gratuitas para responder dúvida dos motoristas e indicar pontos de atendimento mais próximos.

A lista completa dos laboratórios, com link para as unidades de coleta de acordo com a cidade desejada, está disponível no site: www.denatran.gov.br/toxicologico_novo.htm.


Reações:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

 
Top