PINHALÃO: As briguinhas na saída da escola todos sabem que acontece; mas na noite desta quarta-feira o final foi trágico. segundo as informações da policia. Por volta das 20H24MIN à equipe policial recebeu uma chamada via 190, informando que havia um homem caído na na rua e estava com um ferimento no pescoço. Rapidamente a equipe de serviço deslocou até o local onde populares informaram que o rapaz havia sido levado até o posto de saúde. Já no posto de saúde equipe foi informada que o autor da agressão estaria na escola estadual Castro Alves.  A equipe deslocou até a escola onde em contato com o menor suspeito na presença dos conselheiros tutelares, passou a relatar que estava no ginásio de esportes no horário da aula de educação física, quando uma menina (menor) jogou a bola em sua direção sendo que no mesmo momento ele devolveu a bola jogando-a por cima da rede. Mas o namorado da menor (vítima do homicídio) começou a dizer para o suspeito "vou te pegar, fica ligeiro". O menor suspeito relata ainda fingiu não ouvir os insultos que lhe foram desferidos, porém após algum tempo ele e o namorado da adolescente começaram a discutir. 


Quando o menor suspeito foi sair da quadra do ginásio foi agredido pelo namorado da adolescente que acertou um tapa em seu rosto e disse o seguinte: "espera ai, homem que é homem não foge de briga não". Momento esse que o menor suspeito retornou até onde estava o namorado da adolescente e mais uma vez foi agredido com um chute em seu abdômen, nesta hora o menor suspeito desferiu contra a vítima um golpe com uma caneta e acertou seu pescoço, ainda segundo o menor suspeito, após o golpe que ele desferiu, o namorado da adolescente continuou a chutar e lhe dar socos, na confusão, puxou o suspeito pela mochila e o derrubou em cima do canteiro central em frente ao ginásio de esportes; após isso o suspeito correu para dentro da escola e o namorado da adolescente foi sentido centro da cidade, logo em seguida ele foi encontrado em frente à igreja presbiteriana e levado por amigos ao posto de saúde de Pinhalão onde foi atendido pela medica, que relatou que a caneta perfurou a traqueia e após ser retirada pela própria vítima, o sangue teria entrado nos pulmões causando morte por asfixia. O objeto do crime foi encontrado em frente ao Sindicato Rural de Pinhalão. 

O menor suspeito foi apreendido e conduzido até a Policia Civil de Tomazina juntamente com os seus pais; os pais da vítima foram orientados dos procedimentos a serem tomados. 


Mais tarde a Policia Militar recebeu a informação através de outra pessoa que a briga teria sido premeditada, pois a adolescente teria pedido para o namorado (ou marido) para bater no menor suspeito na quadra no dia de hoje. 

O corpo a vítima foi encaminhado ao IML. E a situação repassada para o investigador para demais procedimentos.
Reações:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

 
Top