Emissoras AM devem começar a mudar para FM, a partir de 25 de fevereiro.


Emissoras de rádio AM devem começar a migrar para frequência FM, a partir do próximo dia 25. De acordo com o ministério das Comunicações e a Agência Nacional de Telecomunicações, a Anatel, o processo de migração vai ocorrer em dois lotes, o que vai provocar também na adaptação por parte dos ouvintes das rádios. Todas as emissoras de rádio AM são obrigadas a migrarem para a FM, caso queiram continuar existindo. Para isso, é necessário que seja investido entre 30 mil e quatro milhões e meio de Reais, dependendo da emissora. Estes valores foram determinados por decreto, publicado no Diário Oficial da União. A migração vai ser feita em conjunto em cada município e com valores e prazos para finalizar a mudança. De acordo com o secretário de Serviços de Comunicação Eletrônica do ministério das Comunicações, Roberto Pinro Martins, foram divididos dois grupos de solicitações de emissoras que desejaram fazer a transição. O primeiro contêm 954 emissoras, que já foram destinadas para a faixa FM e têm até o dia 25 de fevereiro para apresentar documentação. Já o segundo grupo, possui 377 emissoras. Deste número, cerca de trezentas podem depender do desligamento da TV analógica. E assim, vai ser necessário que os ouvintes comprem um novo aparelho de rádio. De acordo com o conselheiro da Anatel, Rodrigo Zerbone, essas emissoras vão ter um prazo de cinco anos, em que vão poder transmitir o conteúdo tanto em faixa AM quanto em FM. De acordo com o presidente executivo da Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e TV, a Abert, Luís Roberto Antonik, mesmo as ondas AM apresentando grande alcance, elas possuem baixa frequência, e está sujeita a interferências causadas por equipamentos eletrônicos.


Com informações da Agência Câmara, Reportagem, Sara Rodrigues

Postar um comentário

0 Comentários

KELVE SUPERMERCADOS - MANIA DE VENDER BARATO



CONSTRÓI MATERIAIS E SERVIÇOS PARA CONSTRUÇÃO












ARAPOTI WEATHER