A equipe da Policia Militar deslocou ate o Bairro Humaitá, onde uma mulher foi a solicitante e relatou que seu ex-convivente estava desobedecendo a uma ordem judicial “medida protetiva” onde ele deveria manter uma distancia mínima de 100 metros da solicitante e que o mesmo já esteve preso pela lei Maria da Penha há alguns dias atrás e que também esta a ameaçando; dizendo que se for preso novamente vai lhe dar um tiro quando sair. 


Os policiais deram voz de abordagem ao indivíduo que resistiu com força física a voz de prisão. Em seguida o mesmo e a solicitante foram encaminhados ate a delegacia de Policia Civil para que fossem tomadas as providencias cabíveis.


Já em outra situação a Policia Militar foi acionada, e a solicitante relatou que estava em frente à residência de sua mãe, na Rua João Rogenski, quando seu ex-convivente chegou ao local e bateu seu veiculo propositadamente contra o veiculo da solicitante, em seguida começou a ameaçar de morte e falar que iria atear fogo em seus objetos pessoais ao mesmo tempo xingava a solicitante com palavras de baixo calão. Quando os policiais chegaram, à mesma informou que seu ex-convivente havia acabado de sair. 


Diante da situação a equipe policial saiu em patrulhamento para tentar localizar o indivíduo que foi localizado em sua residência. Diante dos fatos ambos foram encaminhados ate a policia civil para as demais providencias cabíveis.


Reações:

Postar um comentário

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do VOZ DO POVO. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O VOZ DO POVO poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

 
Top