MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PEDE CONDENAÇÃO DE EX-PREFEITO POR CRECHE COM RISCO DE DESABAR.

INFORMAÇÕES: TRIBUNA DO VALE/ANTONIO DE PICOLII
IMAGENS : JOSÉ ADÃO/VOZ DO POVO
WENCESLAU BRAZ - No ultimo dia 06/11/2019 o Voz do Povo foi até Wenceslau Braz, no Norte Pioneiro para falar da situação do CMEI Criança Feliz, que segundo as discussões na Câmara de Vereadores daquele município, a creche estaria interditada por estar cheia de trincas e rachaduras. Os vereadores que apoiam o atual prefeito, Paulo Leonar, e aqueles da oposição que defendem o lado do ex-prefeito Atahyde Ferreira dos Santos Júnior. 

Agora no ultimo dia 23 de Janeiro de 2020, o Ministério Público Federal pediu condenação dos gestores e responsáveis pela construção da creche que precisou ser interditada por risco de desabamento apenas dois anos depois da inauguração, por oferecer riscos de vida a professores e alunos - O risco de desabamento de uma ala do CMEI é eminente. 


Segundo denúncia assinada pelo procurador de Justiça federal Diogo Castor de Mattos, as obras da escola sofreram um atraso de cerca de quatro anos para conclusão e após a entrega foi constatado que o prédio possuía risco de desabamento, causando iminente perigo para crianças e servidores que atuavam no local, sendo, desta forma, imprescindível que as pessoas que causaram este cenário sejam condenadas ao pagamento de danos morais coletivos. 


No local é possível ver rachaduras enormes, que afetam paredes, piso e teto. O piso sofre com desníveis e algumas portas e janelas já não abrem em virtude do deslocamento das paredes – o que evidencia o tamanho do dano estrutural da obra. 

O próprio Ministério da Educação apontou erros na execução do projeto, que mesmo assim continuou a ser executado e acabou inaugurado às vésperas das eleições municipais de 2016 sem as devidas correções exigidas. 

Com a interdição do prédio, a prefeitura precisou transferir os alunos para outro espaço, que acabou adaptado para receber as aulas do CMEI enquanto a justiça não define o impasse. 

Frase no painel de entrada da creche 😌😌😌

INELEGÍVEL 
A procuradoria ainda pede que os envolvidos percam os direitos políticos pelo prazo de cinco a oito anos, além de ressarcimento integral dos valores e de uma multa, que somados chegam a valores de mais de R$ 7,7 milhões. 

Taidinho, que foi prefeito de Wenceslau Braz entre 2009 e 2016, já lançou pré-candidatura à chefia do Poder Executivo, porém deve enfrentar problemas na Justiça para poder efetivar uma eventual chapa nas eleições majoritárias. Além desta denúncia, o ex-prefeito também responde pela contratação irregular de servidores durante sua administração e está envolvido no escândalo da Associação dos Municípios do Norte Pioneiro (Amunorpi), onde diversos ex-presidentes e ex-funcionários foram denunciados por mau uso de verbas.

VEJA O VÍDEO PUBLICADO NO INICIO DE NOVEMBRO.

















Postar um comentário

0 Comentários

KELVE SUPERMERCADOS - MANIA DE VENDER BARATO



CONSTRÓI MATERIAIS E SERVIÇOS PARA CONSTRUÇÃO











ARAPOTI WEATHER